09/09/2020 às 12h11min - Atualizada em 09/09/2020 às 12h11min

O preço do milho na B3 apresentou recuo de 3,67% no comparativo semanal, ficando cotado a média de R$ 58,15/sc.

A expectativa de produção de milho na safra 20/21 pode atingir os 36,29 milhões de toneladas, ultrapassando a soja pela primeira vez em MT.

Redação com assessoria
IMEA MT
-
Otimismo para o setor: O Imea divulgou as estimativas da safra 19/20 e também 20/21 de milho para Mato Grosso. De acordo com os relatórios, houve um incremento de 4,35% na projeção da área de milho da temporada 19/20, em relação à última estimativa, indicando um total de 5,42 milhões de hectares cultivados pelo estado. Já em relação à produtividade, o estado fechou na média de 109,02 sc/ha e a produção ficou em 35,45 milhões de toneladas.

No que se refere à safra 20/21, a demanda aquecida, a expectativa de redução das áreas de algodão, a comercialização de grãos e insumos avançada e a elevação dos preços do cereal em patamares recordes para o estado, são fatores que justificam a estimativa de aumento da área de milho na próxima temporada em 5,03%.

Com isso, a produção pode atingir os 36,29 milhões de toneladas, ultrapassando a soja pela primeira vez na série histórica em Mato Grosso. 

• O preço do milho na B3 apresentou recuo de 3,67% no comparativo semanal, ficando cotado a média de R$ 58,15/sc.

• Para a paridade exportação jul/21, com a queda do dólar e do prêmio no porto de Santos, foi apontada uma redução de 4,91% ante a semana passada, fechando na média de R$ 24,43/sc.

• Com o cenário interno mais positivo diante do avanço da reforma administrativa pelo governo federal, o dólar encerrou a semana passada em queda e ficou cotado à média de R$ 5,36/US$.

• A base MT – CME apresentou avanço de 182,27% na comparação com a semana anterior. Com isso, o preço do milho em MT ficou R$ 0,57/sc acima do preço em Chicago na última semana.

MELHORA NAS NEGOCIAÇÕES:

Em agosto a comercialização do milho safra 2019/20 avançou 2,49 p.p. em relação a julho, registrando, assim, 92,94% da produção negociada no estado. Apesar do menor avanço em relação ao mês passado, a atual safra ficou 5,54 p.p. acima do visto pela 2018/19 e 7,09 p.p. à frente da média dos últimos cinco anos.

Além disso, o que ganha maior destaque neste relatório mensal é a elevação dos preços em Mato Grosso, que foi apontado em média de R$ 40,10/sc para a safra 2019/20. Já no que se refere à comercialização da próxima temporada, o avanço foi de 5,03 p.p. se comparado ao mês passado, indicando que 50,92% da produção prevista para a safra 2020/21 já esteja comercializada.

Assim, este valor vem a refletir o aproveitamento das oportunidades de mercado, uma vez que a média dos últimos cinco anos ficou em 25,06%. Por fim, no que se refere aos preços praticados pelo mercado em ago/20 para a safra futura, foi estimada uma média de R$ 34,44/sc.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp