10/08/2020 às 08h03min - Atualizada em 10/08/2020 às 08h03min

ESALQ realiza nesta terça-feira (11) live com o tema: "Manejo de plantas daninhas de difícil controle em olericultura"

Na live irõ tratar de métodos de controle, aspectos gerais da biologia dessas plantas, as limitações do controle químico, entre outros

Redação com assessoria
Esalq
-
Acontecerá nesta próxima terça-feira, 11 de agosto, às 19h30, a live “Manejo de plantas daninhas de difícil controle em olericultura”, a transmissão será ao vivo pelo canal no YouTube da Casa do Produtor Rural, com a participação do professor Dr. Pedro Christoffoleti e dos engenheiros agrônomos Wilson Pereira Neto e Francielli Santos de Oliveira, integrantes do Grupo de Experimentação em Biologia de Plantas Daninhas, da ESALQ/USP.

A olericultura tem um papel relevante no desenvolvimento da economia nacional, o Brasil é responsável pela produção de mais de oitenta espécies de hortaliças. É um ramo da horticultura que gera emprego no meio rural, renda aos produtores, rentabilidade em pequenas áreas agrícolas, e garantia no fornecimento de alimentos à população do nosso país.

Em virtude dessa grande diversidade de espécies, o manejo de plantas daninhas torna-se uma etapa fundamental no processo produtivo de culturas olerícolas, quando mal manejadas, as invasoras entram em competição pelos fatores de produção, tais como luminosidade, água e nutrientes. Além disso, as plantas daninhas podem liberar substâncias alelopáticas e atuar como hospedeiras de pragas e doenças, reduzindo drasticamente a produtividade dos cultivos agrícolas.

O grau de interferência das plantas daninhas na olericultura, depende de fatores relacionados à própria cultura, à comunidade infestante, ao ambiente e ao período em de convivência das plantas e das práticas de manejo adotadas.

No bate-papo desta terça, nossos convidados irão listar as principais plantas daninhas em olericultura, métodos de controle, aspectos gerais da biologia dessas plantas, as limitações do controle químico, os principais casos de resistência a herbicidas e a importância do manejo integrado.

A apresentação da live será realizada pelo Engenheiro Agrônomo Matheus Luís Docema, e pelos alunos de graduação em engenharia agronômica Eduardo Santos da Costa Mello e Yush Daniel Spazziani Sardinha, membros da Casa do Produtor Rural.

Agricultores, técnicos agrícolas, pesquisadores, profissionais do setor agropecuário, estudantes e demais interessados estão convidados a se conectarem no canal da Casa do Produtor Rural e enviarem as suas dúvidas.

Agende-se
- Data: 11/08/2020
- Horário: 19h30
- Link da transmissão, com contagem regressiva: 
https://bit.ly/2DF2lhw
 
Sobre a Casa do Produtor Rural: 

Lançada em 03 de junho de 2005, a Casa do Produtor Rural é um centro de atendimento da Esalq ao produtor rural, com ampla atuação no território nacional. O projeto faz parte do Serviço de Cultura e Extensão Universitária (SVCEx), e tem o apoio da Diretoria da Esalq, Prefeitura de Piracicaba, IPECEGE e da Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz -  FEALQ.

A CPRural presta orientação técnica gratuitamente nas mais diversas atividades agrícolas. As dúvidas podem ser enviadas ao número (19) 3429-4178 (whatsApp) ou pelo e-mail 
cprural@usp.br

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.2%
5.1%
8.4%
3.7%
8.4%
32.1%
6.5%
11.2%
3.7%
2.8%
4.2%
2.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp