03/08/2020 às 08h06min - Atualizada em 03/08/2020 às 08h06min

Confinamento de gado se tornou um bom negócio para pequenas propriedades

É viável? Dá lucro? Como começar? E para auxiliar a decisão dos produtores, confira algumas de nossas dicas

Redação com assessoria
Boi Saúde

O confinamento em pequenas propriedades pode ser feito, desde que haja espaço suficiente para o método. É um sistema que precisa de cuidados específicos para que o pequeno produtor obtenha bons resultados.

Além do espaço, a escolha da raça também é um fator decisivo. É preciso analisar a região e a aptidão para conversão alimentar.

O confinamento é feito no Brasil desde 1986 e atende com resultados propícios o mercado na entressafra. Porém, pode ser aplicado durante todo o ano. Em regiões onde a produção de grãos é alta, os produtores são beneficiados pela oferta e valor. Se puder, faça visitas a confinamentos próximos a você e leve junto sua equipe. Assim todos poderão ter conhecimento sobre como funciona.

Estrutura 

Para início do confinamento, é preciso:

  • Água encanada e luz elétrica;
  • Currais;
  • Galpão para estoque de alimentação e ferramentas para a manutenção;
  • Cochos. Indicamos o cocho de plástico, pois é possível mudá-los de lugar com facilidade. Além disso, evitam que a lama se acumule em volta, facilitando a doença do casco. Caso não tenha condições de adquirir um, concrete o piso em torno dele;
  • Verifique se haverá mão de obra necessária para manejo;
  • Para não acumular água, o terreno pode ser levemente inclinado.

Dicas para iniciar o confinamento

  • O espaço ideal é 12 metros por animal e o cocho com 15 cm por cabeça. Se sua propriedade conseguir dispensar essa metragem por animal, pode investir no confinamento. Caso contrário, os animais ficarão estressados e não produziram produto com a qualidade esperada pelo mercado;
  • Se o produtor quiser investir em confinamento de 20 cabeças, é necessário dispensar 300 m²;
  • O bebedouro precisa ser de 200 litros;
  • É possível utilizar alimentos na fazenda para alimentar os bovinos confinados;
  • Proporciona giro rápido e carne de boa qualidade;
  • O manejo precisa ser mais efetivo quando a propriedade adota o confinamento. Os currais precisam ser molhados com frequência. Como ficam isolados em uma área, a água diminui a poeira e evita doenças respiratórias;
  • A nutrição animal precisa estar em dia para proporcionar um aumento de peso esperado por animal/dia. A nutrição no cocho também previne doenças como parasitas, já que unidos num único espaço, a transmissão é mais fácil;
  • Se na região a intensidade de chuvas é grande, haverá necessidade de cobertura;
  • Em áreas quentes, um espaço com sombras com árvores também é indicado para proteção do calor;
  • Se optar pela dieta de alto grão, terá um investimento satisfatório.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.3%
5.2%
8.5%
3.8%
8.5%
31.9%
6.6%
10.8%
3.8%
2.8%
4.2%
2.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp