01/06/2020 às 09h18min - Atualizada em 01/06/2020 às 09h18min

SOJA: Dólar pressiona valores, mais as médias mensais são as maiores desde junho/16

Redação com assessoria
CEPEA/Esalq
A recente desvalorização do dólar frente ao Real enfraqueceu os preços de soja e derivados no mercado brasileiro, resultando em baixa liquidez, conforme indicam pesquisadores do Cepea. Grande parte dos sojicultores já está capitalizada e, por isso, não tem interesse em reduzir neste momento os valores de venda para negociar novos lotes.

A moeda norte-americana caiu 4,3% entre 22 e 29 de maio, a R$ 5,34 na sexta-feira, 29. No mesmo comparativo, os Indicadores ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) e CEPEA/ESALQ Paraná recuaram 2,12% e 2,62%, respectivamente, a R$ 107,51 e a R$ 100,4/saca de 60 kg, na mesma ordem, nessa sexta-feira.

Mesmo com as recentes quedas, as médias mensais dos Indicadores ESALQ/BM&FBovespa Paranaguá e CEPEA/ESALQ Paraná, de R$ 110,41 e de R$ 103,340/sc de 60 kg, nessa ordem, ainda são as maiores desde junho de 2016 (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de abril/20).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.3%
5.2%
8.5%
3.8%
8.5%
31.9%
6.6%
10.8%
3.8%
2.8%
4.2%
2.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp