03/05/2022 às 10h28min - Atualizada em 03/05/2022 às 10h28min

Após buscar conhecimento de como alimentar o gado na estiagem produtor se destaca na produção de silagem em MT

Seguindo orientação técnica, o agricultor conseguiu produzir 60 toneladas de silagem por hectare , sendo destaque no município

Maricelle Lima Vieira - Empaer
Empaer MT
-

Preocupado com as últimas estiagens que geraram prejuízos financeiros e morte de animais no pasto desde 2018, o produtor  Delson Garcete, popular ‘Bugão’ – tem investido em sua propriedade localizada na zona rural de Juruena (a 880 km de Cuiabá).

 

Somado ao período mais crítico da pandemia, a falta de chuva resultou até na seca dos córregos da região, por isso, Bugão resolveu que não queria mais ficar à mercê das intempéries da natureza e, sim, promover diversas adequações em sua propriedade.

 

“Era triste ver a criação definhando e morrendo sem ter o que comer ou mesmo sem apetite, por causa, da seca. O preço da ração subiu e, eu não tinha me preparado. Não quero nunca mais passar pelo mesmo perrengue”, ressalta ele.



Silagem pronta para alimentar a criação no período da estiagem     Foto: Empaer 


Orientado pelos técnicos da Empaer, Weslley Thiago Pereira de Jesus e Felipe Citadella Marques, Bugão começou com a reforma de sua pastagem. Realizou a correção do solo, plantou milho e capiaçu. Ele lembra que tinha feito o mesmo processo, porém sozinho e sem orientação - deu tudo errado. “Depois de tanta dor de cabeça e dinheiro jogado fora, percebi o quanto é importante ter acompanhamento e orientação de profissionais capacitados”.


 

Com a análise de solo e adubação adequada, o resultado foi de 120 toneladas de milho em dois hectares, alimentando 30 vacas em lactação no período da seca, e ainda nesse ano contará com mais meio hectare de capineira de  BRS capiaçu como reforço da alimentação. Isso já garante o alimento à criação e evita as perdas.

 

Logo em seguida, a equipe da Empaer acompanha o produtor na montagem da ordenhadeira mecanizada. “Investi R$ 80 mil de recursos próprios e, com a ajuda da Empaer, a estrutura foi montada e está em pleno funcionamento. O trabalho continua e estou muito satisfeito com o resultado, graças a toda orientação que segui a risca”, completa o produtor.

 

Técnico da Empaer, Weslley Thiago Pereira de Jesus destaca o comprometimento do produtor com a atividade leiteira. Ele vem trocando os animais de menor produção por animais de melhor genética, que combinado com o bom manejo de pastagem e silagem de milho na seca consegue produzir 10 litros de media por vaca o ano inteiro.  “Além de aquisição de animais, O Bugão esta participando do programa de transferência de embriões do Estado, que futuramente irá melhorar muito a genética do rebanho da propriedade”.

 

Já o técnico Felipe Citadella Marques, avalia que é fundamental a orientação do técnico para o produtor ser cada vez mais eficiente. “Na propriedade Já temos ótimos resultados de integração lavoura pecuária para pequena propriedade cultivando milho com BRS Zuri, no qual colhemos o milho e a pastagem fica formada. Dessa forma nós conseguimos armazenar o alimento do período mais favorável para o período de estiagem e reformando a área de pastagem que antes estava degradada. Conseguimos até um recorde de produtividade na silagem de milho no município de Juruena com 60 toneladas por hectare. Tudo graças ao produtor confiar em nossa orientação e fazer corretamente todas as recomendações passadas”, completa Felipe.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp