27/04/2022 às 09h46min - Atualizada em 27/04/2022 às 09h46min

Cotação do café arábica sobe 2,28% na semana, já o café robusta teve leve queda de 1% no mesmo período

De modo geral a cotação do café no mercado externo teve queda na semana, movimento de alta do dólar deve melhorar os preços internos

Redação com assessoria
CEPEA/Esalq
-
Os preços do café arábica estão oscilando com certa força, contexto que tem intensificado a retração de agentes no mercado spot nacional.


No começo da semana passada, as cotações do arábica caíram, pressionadas pela forte desvalorização externa, que, por sua vez, refletiu a queda do dólar e perspectivas de menor demanda global por café.


Já no fim da semana, os valores domésticos do arábica voltaram a subir, recuperando as perdas dos dias anteriores. Neste caso, o suporte veio da apreciação do dólar frente ao Real, da forte elevação dos futuros na quinta-feira, 21, e da continuidade da retração de vendedores – muitos se mantiveram afastados do spot devido ao feriado da quinta-feira (Tiradentes).


Nessa terça-feira, 26, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 1.262,09/saca de 60 kg, alta de 2,28% em relação à terça anterior, 19.


O preço do café recuou 4,2% no mercado externo, sendo que no dia 19/04 a cotação era de US$ 264,04 e no dia 26/04 era negociado a US$ 252,92. 





Para o robusta, as cotações abriram a última semana em forte queda, mas se recuperaram no decorrer do período, influenciadas pela demanda pontual das indústrias de torrefação e pela elevação do dólar.


Mesmo assim, produtores seguiram distantes do mercado. Além do feriado do dia 21, a maior parte dos cafeicultores segue no aguardo de maiores valorizações e da chegada dos grãos da safra 2022/23.


Já nessa terça-feira, 26, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6, peneira 13 acima, a retirar no Espírito Santo, caiu novamente, fechando a R$ 809,75/sc, 1,1% abaixo do da terça anterior, 19.



No mercado externo o café robusta recuou 7,1%, sendo que no dia 19/04 a cotação era de US$ 175,32 e no dia 26/04 era negociado a US$ 162,27. 







LEIA TAMBÉM:



Falta de chuvas pode antecipar a colheita da próxima safra de café em Minas Gerais




Brasil exportou 3,4 milhões de sacas de café em fevereiro de 2022





Estados Unidos lideram importações dos Cafés do Brasil com a compra de 7,78 milhões de sacas




Projeto do Mapa, IICA e CNC quer remunerar o cafeicultor que preservar nascentes e córregos na propriedade
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp