06/04/2022 às 08h46min - Atualizada em 06/04/2022 às 08h46min

Busca dos agricultores americanos por esterco fez o preço do produto triplicar e ainda assim não têm estrume para todos!

A medida que os preços dos fertilizantes disparam, a procura pelo estrume aumenta nos EUA

Por Pj Huffstutter, Tom Polanseke Bianca Flores
da Reuters
-
 

Por quase duas décadas, o empresário Abe Sandquist usou todas as ferramentas de marketing que pôde imaginar para atrair os agricultores sobre os benefícios do uso de esterco de gado para nas plantações.

 

Agora, diante de uma escassez global de fertilizantes comerciais agravada pela invasão russa da Ucrânia, mais produtores americanos estão batendo à sua porta. 



"Gostaria que tivéssemos mais para vender", disse Sandquist, fundador da Natural Fertilizer Services Inc, uma empresa de gerenciamento de nutrientes com sede no estado americano de Iowa. "Mas não há o suficiente para atender a demanda."

 

Alguns criadores de gado e laticínios, incluindo aqueles que anteriormente pagavam para remover os dejetos de seus animais, encontraram um negócio paralelo fértil vendendo-os para produtores de grãos. As empresas que fabricam equipamentos de espalhamento de esterco conhecidos como "vagões de mel" também estão se beneficiando.

 

 

Não só há mais fazendeiros dos EUA caçando suprimentos de esterco para esta temporada de plantio de primavera, como alguns criadores de gado que vendem resíduos estão com pedidos esgotados até o final do ano, de acordo com o consultor do setor Allen Kampschnieder.

 

"O estrume é absolutamente uma mercadoria em alta", disse Kampschnieder, que trabalha para a Nutrient Advisors, com sede em Nebraska. "Temos listas de espera."

 

Prevê-se que os preços altíssimos dos fertilizantes industriais reduzam as plantações de milho e trigo dos agricultores americanos nesta primavera, de acordo com dados do governo dos EUA. Isso ameaça ainda mais o abastecimento global de alimentos, já que os estoques domésticos de trigo são os mais baixos em 14 anos, e a guerra Rússia-Ucrânia está interrompendo os embarques de grãos desses principais fornecedores.

 

Embora o estrume possa substituir parte do déficit de nutrientes, não é uma panacéia, dizem os especialistas em agricultura. Não há suprimento suficiente para trocar todo o fertilizante comercial usado nos Estados Unidos. Transportá-lo é caro. E os preços dos dejetos animais também estão subindo devido à forte demanda.

 

Também é altamente regulamentado por autoridades estaduais e federais, em parte devido a preocupações com impactos nos sistemas hídricos.

 

O estrume pode causar sérios problemas se contaminar córregos, lagos e águas subterrâneas próximas, disse Chris Jones, engenheiro de pesquisa e especialista em qualidade da água da Universidade de Iowa.

 

Os criadores de gado dizem que é um trabalho pesado cumprir todas as regras do governo e acompanhar como o esterco é aplicado.

 

CORRIDA PARA O RESÍDUO

Um caminhão personalizado espalha estrume de laticínios em terreno de feno em Wallenstein, Ontário

Um caminhão personalizado espalha estrume de laticínios em terreno de feno em Wallenstein, Ontário




Independentemente das desvantagens, a demanda está crescendo. Em Wisconsin, três produtores de leite disseram à Reuters que recusaram pedidos de compra de esterco enviados por mensagens de texto e Twitter.

 

A Phinite, com sede na Carolina do Norte, que fabrica sistemas de secagem de esterco, diz que está atendendo a solicitações de produtores de lugares distantes como Minnesota, Illinois, Iowa e Indiana.

 

A Smithfield Foods, maior produtora de carne suína do mundo, notou a mudança nas fazendas de suínos dos EUA que abastecem seus matadouros.

 

"Definitivamente, estamos vendo os agricultores avançarem em direção ao estrume com o aumento dos preços dos fertilizantes", disse Jim Monroe, porta-voz da empresa, que pertence ao WH Group Ltd, listado em Hong Kong .

 

Os fertilizantes industriais, como o nitrogênio, exigem muita energia para serem produzidos. Os preços começaram a subir no ano passado em meio ao aumento da demanda e menor oferta, já que os preços recordes do gás natural e do carvão provocaram cortes na produção dos fabricantes de fertilizantes. O clima extremo e os surtos de COVID-19 também abalaram as cadeias de suprimentos globais.

 

A guerra na Ucrânia piorou a situação ao reduzir as exportações de fertilizantes da Rússia e sua aliada Bielorrússia devido a sanções ocidentais e problemas de transporte. Isso ameaça encolher as colheitas em todo o mundo em um momento de inflação recorde de alimentos. Juntas, a Rússia e a Bielorrússia responderam por mais de 40% das exportações globais de potássio no ano passado, um dos três nutrientes essenciais usados ​​para aumentar o rendimento das colheitas, de acordo com o banco holandês Rabobank.

 

Em março, os preços dos fertilizantes comerciais atingiram um recorde, com os fertilizantes nitrogenados quadruplicando desde 2020 e os fosfatos e potássio triplicando, disse a consultoria CRU Group, com sede em Londres.

 

Uma pessoa que ficou desamparada é Dale Cramer, que cultiva milho, soja e trigo em cerca de 6.000 acres em Cambridge, Nebraska. Procurando alternativas, ele vasculhou confinamentos em busca de estrume desde agosto passado, sem sorte.

 

"Muitas pessoas colocaram seus nomes para a mesma coisa", disse Cramer.

 

PROCURA POR ''CARROÇAS DE MEL''


Um caminhão personalizado espalha estrume leiteiro no chão de feno em uma fazenda em Wallenstein, Ontário

Um caminhão personalizado espalha estrume leiteiro no chão de feno em uma fazenda em Wallenstein, Ontário


 



Com a demanda por esterco em alta, os preços seguiram proporcionando uma sorte inesperada para os produtores de gado e confinamentos de gado.

 

Os preços do esterco sólido de boa qualidade só em Nebraska chegaram a US$ 11 a US$ 14 por tonelada, acima do preço típico para o produto de US$ 5 a US$ 8 por tonelada, disse o consultor Kampschnieder. 


Além disso, o inverno seco ajudou a aumentar os preços, deixando o esterco com menos água, tornando-o mais concentrado e, portanto, mais valioso, disse ele.


 

O agricultor de Iowa, Pat Reisinger, está aliviado por ter esterco de suínos e vacas leiteiras que ele cria para fertilizar o milho, a soja e o feno que ele cultiva para alimentar esses animais. Ele vendeu um pouco de esterco para um vizinho e está recebendo telefonemas de outros necessitados.

 

"Se eu vendesse mais, teria que me virar e comprar fertilizante comercial, o que não faz sentido", disse Reisinger.

 

O boom também levantou empresas de máquinas que fabricam equipamentos de espalhamento de esterco sólido, bem como os chamados vagões de mel: tanques com rodas atrelados a caminhões e tratores para transporte e aplicação de resíduos liquefeitos.


No Brasil o equipamento é conhecido como Chorumeira e é utilizado para retirar o fertilizante das esterqueiras e aplica-lo nas pastagens e plantações.


 

No Canadá, a Husky Farm Equipment Ltd é a principal fabricante de vagões de mel. A empresa construiu sua primeira engenhoca em 1960 como forma de tornar a coleta e a distribuição de esterco mais eficiente, de acordo com o presidente Walter Grose. Hoje, Grose vende diretamente para fazendeiros e concessionárias de máquinas, e não consegue acompanhar.



Walter Grose - proprietário da segunda geração e atual presidente da Husky Farm Equipment Limited posa nesta foto sem data

Walter Grose - proprietário da segunda geração e atual presidente da Husky Farm Equipment Limited posa nesta foto sem data



 

"Temos muitas pessoas procurando equipamentos e estamos esgotados por seis meses", disse Grose, que vende vagões de mel em vários tamanhos. Tanques maiores têm um preço médio de US$ 70.000.

 

A CNH Industrial, a gigante americana-italiana de equipamentos agrícolas e de construção, disse ter visto uma forte demanda por seus espalhadores da marca New Holland - essencialmente, uma caixa de aço que se conecta a um trator para transportar e espalhar estrume sólido.



Um espalhador de caixa da série 100 da New Holland Agriculture distribui estrume sólido em um campo agrícola em Rising Sun

Um espalhador de caixa da série 100 da New Holland Agriculture distribui estrume sólido em um campo agrícola em Rising Sun




 

A concessionária de equipamentos do Kansas KanEquip Inc está esgotada de distribuidores New Holland, embora os preços tenham saltado 10% em relação ao preço normal de tabela de US$ 30.000, disse o gerente regional Bryndon Meinhardt. Ele disse que a concessionária encomendou mais 10 para atender à demanda.

 

LEIA TAMBÉM:

Aprenda a construir uma esterqueiras e transforme os dejetos de bovinos em adubo



 

SEM COCO PARA VOCÊ
 

Mesmo em estados onde grandes rebanhos de gado geram grandes quantidades de esterco, não há o suficiente para substituir completamente o fertilizante comercial. 


Em Iowa, o maior produtor de carne suína e milho dos EUA, já se aplica todo o esterco produzido em lavouras de milho todos os anos, disse Dan Andersen, professor associado da Iowa State University especializado em manejo de esterco.


 

Em média, Iowa usa cerca de 14 bilhões de galões de estrume anualmente, disse Andersen, conhecido como @DrManure no Twitter. Ele espera que os produtores de Iowa possam sugar um bilhão de galões extras este ano do armazenamento em tanques nas fazendas para substituir o caro fertilizante comercial.

 

Parte do atual problema de abastecimento está enraizado na evolução da economia agrícola dos EUA. À medida que o setor pecuário da América se consolidou, existem centros geográficos onde os animais são criados para ovos, leite ou carne, e onde a maior parte do esterco é produzida. Como resultado, alguns lugares têm muito pouco, enquanto outros têm muito e lutam com maneiras de se livrar dele.

 

Em outubro passado, o produtor de leite da Pensilvânia, Brett Reinford, pensou que poderia estar com pouco espaço de armazenamento de esterco durante o inverno. Então ele fez uma oferta aos agricultores locais: você vem e leva, você pode tê-lo de graça. Ele não tem compradores.

 

Passados seis meses e Reinford agora está sentado em ouro líquido. "Estamos mantendo tudo e eu gostaria que tivéssemos mais", disse ele.

 

O estrume pode se tornar ainda mais precioso no final deste ano, à medida que os rebanhos de gado e aves dos EUA encolhem.

 

O número de suínos nos Estados Unidos caiu para seu nível mais baixo em cerca de cinco anos, à medida que os produtores lidam com doenças suínas e aumento dos custos de ração e outros insumos. Enquanto isso, a gripe aviária dizimou mais de 22 milhões de frangos e perus em fazendas comerciais dos EUA desde fevereiro.



Mas mesmo os avicultores atingidos podem ter algo para usar: suas aves mortas podem ser compostadas e aplicadas como fertilizante, de acordo com o Departamento de Agricultura e Administração de Terras de Iowa.

 

Reportagem de PJ Huffstutter e Tom Polansek em Chicago, e Bianca Flowers em Chicago e Nova York. Reportagem adicional de Leah Douglas em Washington, DC; Edição por Caroline Stauffer e Marla Dickerson

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp