05/04/2022 às 08h17min - Atualizada em 05/04/2022 às 08h17min

Alto preço dos fertilizantes faz agricultores dos EUA aumentarem a área semeada com soja

Decisão é baseada no fato de que os fertilizantes para o milho utilizam mais ureia na composição e por conta da guerra estão muito mais caros

Redação com assessoria
IMEA MT
-
Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária, IMEA-MT, a expectativa é que sejam semeados 36,81 milhões de hectares da oleaginosa no país, aumento de 4,31% ante o ano passado, superando a expectativa do Fórum Agrícola (Outlook) de 35,29 milhões de hectares.



As justificativas estão atreladas ao alto valor dos fertilizantes, que em relação ao milho (que utiliza mais ureia), o custo com o insumo está menor. Além disso, a quebra de safra sul-americana limitou a oferta do grão no mercado internacional e estimulou a valorização dos preços em Chicago, o que favoreceu, neste momento, a decisão do produtor de cultivar mais soja.



 



Caso se confirme esta projeção, a área no país será um recorde, o que pode caracterizar a maior produção se o fator climático favorecer neste ano.



Por fim, a divulgação dos dados intensificou a trajetória de queda no preço da soja em Chicago na semana passada, destaque para o dia 31 (divulgação da projeção), que reduziu 2,75% ante o dia anterior. 



 

 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp