28/03/2022 às 10h44min - Atualizada em 28/03/2022 às 10h44min

Evento da ABCBRH entrega premiação para criadores de bovinos e valoriza investimentos da produção leiteira do Paraná

O produtor Ronald Rabbers, de Castro, recebeu o prêmio pelo animal ''Rhoelandt 372 LEDA Doc Stormatic'' que produziu mais de 190 mil Kg de leite ao longo da vida

Redação com assessoria
AEN PR
AEN PR
-

O evento da Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH)., que aconteceu na noite de sexta-feira (25), em Carambeí, nos Campos Gerais, homenageou produtores e evidenciou como a pesquisa e desenvolvimento de novos softwares são aliados na busca por maior competitividade. 



Na cerimônia foram entregues troféus referentes a premiação dos destaques nos anos de 2019, 2020 e 2021 da Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH).


A genética, a sanidade agropecuária e a qualidade da produção são fundamentais para o equilíbrio da cadeia leiteira num contexto desafiador. A afirmação foi feita pelo secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, durante 

 

PRÊMIOS – Na ocasião, o produtor Ronald Rabbers, de Castro, recebeu o prêmio pelo animal Rhoelandt 372 Leda Doc Stormatic, que teve a maior produção vitalícia de leite, com 190.107,9 kg, além de 6.252,68 kg de gordura e 5.805,04 kg de proteína.

 





O Paraná é o segundo maior produtor de leite do Brasil, com 4,7 bilhões de litros. O volume gera um Valor Bruto da Produção (VBP) de R$ 7 bilhões, segundo o Departamento de Economia Rural (Deral).



Os principais municípios em rendimento são, respectivamente, Castro, Carambeí, Arapoti, Francisco Beltrão e Palmeira.






 

ASSOCIAÇÃO – A APCBRH tem 69 anos de atuação e coordena o Programa de Análise de Rebanhos Leiteiros (Parleite), iniciativa que  auxilia produtores na avaliação dos animais com indicadores de produção, qualidade do leite, reprodução e nutrição.

 

O presidente da Associação, Hans Jan Groenwold frisou a parceria com entidades governamentais, cooperativas e iniciativa privada. “Se podemos nos orgulhar de termos uma estrutura moderna para produção de lácteos é porque muitas pessoas dedicaram uma parte de suas vidas para construir o que somos hoje”, disse. 




 

LEIA TAMBÉM:




Conheça as principais vantagens da silagem de capim para a pecuária leiteira




Falta de chuvas e custos de produção elevados são obstáculos para lucratividade na pecuária leiteira




Silagem de soja na propriedade reduz custos com ração seca para gado de leite




A silagem de aveia é uma alternativa barata, com alto teor de proteína e digestibilidade na casa de 65%





Silagem de trigo: procurando diminuir a dependência do milho Epamig desenvolve cutivar de trigo adaptada para silagem

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp