18/03/2022 às 09h19min - Atualizada em 18/03/2022 às 09h19min

Suínos: volume de negócios está ditando o preço nas regiões produtoras

Em MG e no RS o preço está se mantendo estável, no PR e SP o preço está levemente enfraquecido devido ao volume de oferta

Redação com assessoria
CEPEA/Esalq
-
Os preços do suíno vivo vêm apresentando movimentos distintos dentre as praças acompanhadas pelo Cepea. Esse cenário se deve aos diferentes volumes de oferta dentre as regiões.



Segundo pesquisadores do Cepea, enquanto no Rio Grande do Sul e em Minas Gerais, a oferta restrita vem elevando e/ou sustentando os valores do suíno, em boa parte das regiões do Paraná e de São Paulo, os preços estão enfraquecidos, influenciados pelo aumento no escoamento de suínos devido à necessidade de “caixa” dos produtores.



Quanto ao mercado da carne, vendedores passaram a sentir certa resistência por parte dos compradores em realizar novos reajustes positivos nos preços. Neste caso, atacadistas indicam que, com o final da primeira quinzena, as saídas de carcaça e de alguns cortes diminuíram.




Com isso, os preços da carcaça especial suína e de alguns cortes negociados no atacado da grande São Paulo estão em queda nesta semana.


 
COTAÇÕES 

 
 
Nesta sexta-feira, 18, segundo o Cepea, o indicador do suíno vivo em Minas Gerais está cotado a R$6,07 o quilo, posto no frigorífico.


A praça de São paulo tem o suíno vivo cotado a R$6,09 o quilo, posto no 
frigorífico.


No Paraná o quilo esta cotado em R$5,32 o quilo, a retirar na granja.


Em Santa Catarina o preço é de R$5,39 o quilo, a retirar, e no Rio Grande do Sul segue cotado a R$5,30 o quilo.








Para a carcaça suína especial o preço praticado nesta sexta-feira, 18, é de R$8,73 o quilo.


 


 

LEIA TAMBÉM:



Suinocultura: preço do suíno vivo chega a R$6,07/kg em MG e R$5,39/kg no PR




Custo de produção dos suínos tem alta de 6,78%





Suinocultura: Com baixo preço da carne e alta no preço do milho a relação de troca já é a pior da história





Suinocultores de Santa Catarina e Rio Grande do Sul tem prejuízo de R$300,00 por animal vendido





Suinocultores de Mato Grosso tem prejuízo de até R$ 180 por animal vendido


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp