10/03/2022 às 17h13min - Atualizada em 10/03/2022 às 17h13min

Arroba do boi gordo bate recorde nominal negociada a R$ 350,35 em SP

A baixa oferta de animais para abate mantêm os preços da arroba em patamares elevados.

Redação com assessoria
CEPEA/Esalq / IMEA MT /
-
Segundo o Cepea, o Indicador do boi CEPEA/B3 (estado de São Paulo, à vista) atingiu nesta semana a casa dos R$ 350, recorde nominal diário da série histórica, iniciada em 1994.



Segundo pesquisadores do Cepea, as exportações brasileiras de carne bovina bastante aquecidas neste começo de ano, sobretudo à China, e a baixa oferta de animais para abate mantêm os preços da arroba em patamares elevados.



Dados da Secex mostram que, de janeiro a fevereiro, o Brasil embarcou 334,10 mil toneladas de carne bovina (in natura, industrializada, miúdos entre outros), um recorde para o período. Esse volume também ficou 33,8% acima do escoado no primeiro bimestre do ano passado e 25,49% acima do de janeiro a fevereiro de 2020, que, até então, sustentava o recorde. 









CONFIRA  AS  COTAÇÕES


O valor médio à vista da arroba do boi gordo (Indicador CEPEA/B3), estado de São Paulo está cotado em R$ 342,80.



Nesta quinta-feira, 10, em Barretos a arroba do boi gordo estava negociado a R$ 335,00  a vista. A vaca gorda a R$293,50 a arroba.



No Triângulo Mineiro o boi gordo teve leve alta sendo cotado a R$ 323,00 a arroba.



Já em Mato Grosso do Sul o boi gordo segue a R$ 305,50/@, a vaca gorda a R$ 283,50 a arroba.



O mercado do boi voltou a se aquecer em Mato Grosso impulsionando o preço da arroba que segue negociada a R$ 310,00 em Acorizal e a R$ 309,00 em Barra do Garças. Para a vaca gorda o preço médio no estado é de R$ 294,17 por arroba.



Na região Oeste do Paraná e em Santa Catarina os negócios com boi gordo estão sendo realizados a R$315,00 por arroba.



O bezerro de ano em Mato Grosso segue com preço estável desde o início de março e segue cotado a R$ 3.092,86 a cabeça.




A relação de troca boi/bezerro (RT) recuou 0,33% em fev.22, devido à baixa mais intensa no indicador do boi gordo ante a do bezerro de ano em Mato Grosso.



Diante do mercado de reposição sem muitas negociações em fev.22, a cotação do bezerro foi pressionada em 2,45% no comparativo com jan.22.



Porém, nesse mesmo período a arroba do boi gordo recuou de maneira mais intensa (-2,78%) por efeito da pressão dos frigoríficos nas regiões em que parte deles se ausentou das compras.



Esse cenário trouxe um impacto direto na relação de troca entre as categorias, que decresceu para 1,77 cab./cab. em fev.22. Ou seja, o invernista conseguiu adquirir menos bezerros com um animal terminado (boi gordo). No entanto, para 2022 é esperada uma maior oferta de bovinos jovens, o que pode pressionar a categoria no médio prazo e gerar uma possível inversão na RT. 








 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp