07/03/2022 às 18h18min - Atualizada em 08/03/2022 às 00h00min

Diesel sobe pela segunda semana seguida e se aproxima de R$ 7 no interior de SP

Em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, valor médio atingiu R$ 6,985.

Patrícia Rennó / G1 - Economia
G1


-
O preço médio do diesel subiu novamente nos postos do país na semana passada, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira (7) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O litro do combustível foi de R$ 5,591 para R$ 5,603, uma alta de 0,21%.


Com o aumento, o combustível quase atingiu R$ 7 em Pindamonhangaba, interior de São Paulo (R$ 6,985). No levantamento passado, o preço do diesel apresentou um avanço de 0,29%.


Já o preço da gasolina recuou de R$ 6,560 para R$ 6,577 nesta semana, um recuo de 0,25%, de acordo com a pesquisa semanal da ANP.


O etanol, que está em trajetória de queda, registrou um recuo de 0,36% nos preços nos postos de gasolina: de R$ 4,632 o litro para R$ 4,615 o litro.


Por fim, o preço médio do gás de cozinha de 13kg registrou um leve avanço, de R$ 102,36 para R$ 102,64 no intervalo analisado pela ANP.


Paridade de preços


O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta segunda-feira (7) a paridade no preço do petróleo e disse que o governo tem uma reunião nesta tarde para discutir medidas para a Petrobras não repassar toda a alta dos combustíveis para o consumidor. Bolsonaro deu uma entrevista para a rádio Folha, de Roraima.


A paridade no preço do petróleo significa que a Petrobras paga pelo produto o preço cobrado no mercado internacional e que repassa eventuais altas para refinarias, o que faz o aumenta o preço para o consumidor final.


O Brasil já vinha enfrentando, nos últimos meses, uma forte alta nos combustíveis. Com a guerra entre a Rússia e a Ucrânia, a situação tende a piorar, já que a Rússia é um dos maiores produtores de petróleo do mundo.


Petróleo em alta


O preço do petróleo chegou a encostar em US$ 140 nesta segunda-feira (7) nos mercados internacionais, depois que a Casa Branca afirmou que estava discutindo com outros países uma proibição da importação de petróleo russo.


 
O preço do barril do tipo Brent, referência internacional, saltou 18% e chegou a ultrapassar US$ 139 nos primeiros negócios, atingindo seu nível mais alto desde 2008, muito perto do recorde absoluto de US$ 147,50 de julho de 2008.


Com o salto desta segunda, o Brent chegou a um aumento de cerca de 30% desde que a Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro.



 



Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2022/03/07/preco-medio-do-diesel-sobe-pela-segunda-semana-consecutiva-gasolina-recua-segundo-anp.ghtml
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp