04/03/2022 às 11h16min - Atualizada em 04/03/2022 às 11h16min

Suíno: Mesmo com alta no preço nos últimos dias a cotação do suíno vivo é a menor desde agosto/18

A praça de São paulo tem o suíno vivo cotado a R$6,12 o quilo, posto no frigorífico. Confira aqui a cotação nos demais estados.

Redação com assessoria
CEPEA/Esalq
-
Os valores médios do suíno vivo recuaram em fevereiro em praticamente todas as praças acompanhadas pelo Cepea e voltaram aos menores patamares reais desde agosto de 2018.


Segundo pesquisadores do Cepea, a pressão veio da oferta elevada de animais, que vem sendo observada desde o início deste ano. Além disso, o recuo na demanda final, sobretudo na primeira quinzena de fevereiro, por parte dos mercados interno e externo, reforçou o movimento de baixa nos preços.


O preço médio do suíno comercializado na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba) foi de R$ 5,49
o quilo em fevereiro, queda de 0,6% frente a janeiro e 31,1% abaixo do de fevereiro/21, em termos reais (a série foi deflacionada pelo IGP-DI de janeiro/22).



COTAÇÕES 

 
 
Nesta sexta-feira, 3, segundo o Cepea, o indicador do suíno vivo em Minas Gerais está cotado a R$6,08 o quilo, posto no frigorífico.


A praça de São paulo tem o suíno vivo cotado a R$6,12 o quilo, posto no 
frigorífico.


No Paraná o quilo esta cotado em R$5,40 o quilo, a retirar na granja.


Em Santa Catarina o preço é de R$5,49 o quilo, a retirar, e no Rio Grande do Sul segue cotado a R$5,29 o quilo.









Para a carcaça suína especial o preço praticado no fechamento de quarta-feira, 23, foi de R$8,89 o quilo, no mês de março o produto teve alta de 2,18%.







 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp