22/02/2022 às 09h47min - Atualizada em 22/02/2022 às 09h47min

Custo de produção do milho alta tecnologia deve ser de R$3.197,31/ha na safra 22/23

Segundo o Imea-MT os insumos tiveram alta de 52,41%, sendo os fertilizantes os maiores responsáveis pelo aumento nos custos.

Redação com assessoria
IMEA MT
-
O instituto Matogrossense de Economia Agropecuária divulgou a estimativa de custo do milho na safra 22/23.



De acordo com o relatório, o principal aumento foi no custeio, que apresentou uma alta de 34,32% quando comparado à safra 21/22, sendo estimado em R$ 3.197,31/ha. Cabe destacar que a princípio este seria o maior valor registrado na série histórica do Instituto.



Essa alta no custeio foi pautada pela valorização no preço dos insumos, principalmente os macronutrientes, que apresentaram elevação de 52,42%.




Dentre os motivos para essa alta estão a elevação no custo global dos insumos e as questões geopolíticas envolvendo os principais países produtores de fertilizantes.



Mesmo com os preços mais valorizados do milho, a relação de troca com fertilizantes se encontra desfavorável ao produtor quando comparado ao mesmo período da safra 20/21.



Para se ter uma ideia, para a aquisição de uma tonelada de ureia em jan/22, foi necessário o dispêndio de 74,19 sc do cereal contra 50,30 sc em jan/21.






 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp