27/01/2022 às 15h42min - Atualizada em 27/01/2022 às 15h42min

Tilápia permanece como a espécie de peixe mais exportada pelo Brasil

O Mato Grosso do Sul lidera as exportações de filé, já o Paraná lidera no volume de peixes inteiros exportados no ano de 2021

Redação com assessoria
Embrapa
-
O Brasil exportou 78% mais peixes em 2021 e a tilápia permanece como a espécie mais exportada pelo país.

Os dados são da elaborado pela Embrapa Pesca e Aquicultura em parceria com a Associação Brasileira da Piscicultura (PeixeBR).

Segundo a pesquisa, em 2021, foram 8,5 mil toneladas exportadas, gerando um volume de U$18,2 milhões. Em valores financeiros, a espécie respondeu por 88% das exportações brasileiras de peixes em 2021. 

No segundo lugar, estão os curimatás, com 9% e U$ 1,8 milhão.

Com relação às categorias de produto de tilápia exportadas, as principais foram o peixe inteiro congelado, com U$6,7 milhões, o filé fresco ou refrigerado, com U$5,4 milhões. 

Juntas, as duas categorias responderam por 67% do volume financeiro movimentado pela tilápia brasileira no exterior no ano passado.

Os preços médios por quilo dessas duas categorias foram, respectivamente, U$2,18 no terceiro trimestre e U$ 2,36 no quarto trimestre na tilápia inteira congelada e U$6,81 em ambos os trimestres no filé fresco ou refrigerado. Esse último produto é o que conseguiu maior preço no período.

O Mato Grosso do Sul, com 37% do volume financeiro movimentado, e o Paraná, com 34%, foram os principais estados exportadores de tilápia no ano passado. 

E as categorias de produto mais exportadas por eles foram os filés frescos ou refrigerados no caso do Mato Grosso do Sul e os peixes inteiros congelados no caso do Paraná.


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp