20/01/2022 às 11h34min - Atualizada em 20/01/2022 às 11h34min

Suinocultura: Com baixo preço da carne e alta no preço do milho a relação de troca já é a pior da história

Em Chapecó (SC), é possível ao produtor a compra de 3,24 quilos de milho com o preço pago por 1 quilo de suíno vivo

Redação com assessoria
CEPEA/Esalq
-
Segundo o Cepea, o preço do suíno vivo tem registrado queda intensa neste mês, causada pela combinação de vendas lentas e oferta elevada de animais para abate.

A desvalorização expressiva se aliou à forte alta dos preços dos principais insumos consumidos na atividade, milho e farelo de soja, reduzindo drasticamente o poder de compra de suinocultores – a relação de troca por milho, especificamente, é a pior da história.

Considerando-se o suíno comercializado na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba) e o Indicador ESALQ/BM&FBovespa do milho em Campinas (SP), é possível ao suinocultor paulista a compra de 3,65 quilos do cereal com a venda de um quilo de suíno na média parcial de janeiro (até o dia 18), baixa de 22,3% frente a dezembro e a menor quantidade para a região na série mensal histórica do Cepea.

Em Chapecó (SC), é possível ao produtor a compra de 3,24 quilos de milho, recuo de 22,7%, no mesmo comparativo, e também o menor patamar já observado na região.


A falta do milho em importantes estados produtores de proteína animal como Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, tem levado avicultores, suinocultores e criadores de gado leiteiro a uma situação financeira muito grave.

Segundo informam suinocultores da região central de Santa Catarina, quando se encontra o grão, o preço praticado é de R$110/sc.

O produtor rural 
Cleberson Vigolo, de Arroio Trinta-SC, região Centro Oeste de Santa Catarina, diz que comprou milho a R$110, nesta terça, (18), e segundo ele, quem tem esta segurando.

O cenário se repete em Campos Novos (SC), do qual a saca de 60 kg do milho já vem sendo negociada acima de R$100.

No Rio Grande do Sul, estado em que a produção foi bastante prejudicada pela falta de chuva, a saca já é comercializada a R$100.

 



 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp