05/01/2022 às 09h51min - Atualizada em 05/01/2022 às 09h51min

Arroz: resultados negativos em 2021 diminuem o número de produtores dispostos a investir na cultura

O cenário deve perdurar diante da menor renda e da perda de poder aquisitivo de grande parte da população.

Assessoria
CEPEA/Esalq
-
A diminuição no consumo interno e as exportações aquém do esperado no acumulado de 2021 resultaram em elevação dos excedentes domésticos de arroz em casca e também pressionaram os valores de comercialização no Brasil.

Segundo pesquisadores do Cepea, há dificuldade em encontrar demanda para o arroz brasileiro, diante da menor renda e da perda de poder aquisitivo de grande parte da população.

Diante disso, no campo, a rentabilidade ao produtor está negativa, inclusive sobre os custos operacionais, de acordo com cálculos do Cepea, o que torna a produção menos atrativa ao orizicultor, que, nos últimos anos, registrou margens de apertadas a negativas.

Nesse cenário e com estoques em patamares elevados, o Brasil tem condições – e necessidade – de exportar e atender à demanda internacional do arroz em casca em 2022, o que, por sua vez, poderia sustentar os preços nacionais ao longo do ano. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp