31/12/2021 às 10h25min - Atualizada em 31/12/2021 às 10h25min

'Natal dos nossos sonhos' se transforma em pesadelo com a Bahia inundada e casas destruídas

As inundações no estado deixaram 5.000 casas destruídas, deslocou quase 50.000 pessoas e matou pelo menos 20.

Leonardo Benassatto e Patrícia Vilas Boas
Reuters Brasil
Amanda Perobelli
-

Juliana Reis, de 37 anos da isolada cidade brasileira de Itambé, estava finalmente se reunindo para o Natal com seus pais após meses de intervalo devido à pandemia.

"Nós realmente esperávamos que fosse o Natal dos nossos sonhos", disse ela à Reuters na terça-feira.

Logo seu reencontro se transformou em pesadelo, no entanto, conforme inundações dramáticas devastaram esta parte do estado da Bahia, no nordeste do Brasil.

No final do dia 25 de dezembro, uma barragem desabou a cerca de 27 km de distância, transformando o vizinho Rio Verruga em uma torrente violenta.

Reis e seus pais sobreviveram apenas nadando para fora de sua casa, pois esta se enchia de água.



Pessoa caminha na água ao longo de uma rua durante enchentes causadas por fortes chuvas em Itajuipe, estado da Bahia - Foto: Amanda Perobelli Reuters Brasil
 

"Quando chegou a meia-noite, essa catástrofe aconteceu", ela lembrou de seu Natal em pânico, enquanto vasculhava as ruínas de sua casa agora destruída.

Sua casa foi uma das cerca de 5.000 destruídas neste estado de 15 milhões. A inundação deslocou quase 50.000 pessoas e matou pelo menos 20.

O estado da Bahia vem sofrendo inundações há semanas, já que chuvas recordes se seguiram a um período de seca severa que durou meses. A situação piorou significativamente nos últimos dias e há previsão de mais chuvas em algumas regiões.

Rui Costa, o governador da Bahia, classificou as enchentes como o "pior desastre" da história do estado e disse que vastas áreas do estado pareciam ter sido "bombardeadas".



Vitória Rocha, 81, posa com a foto de seus pais após encontrá-la nos escombros de sua casa onde morou por quase 40 anos - Foto: Amanda Perobelli Reuters Brasil

 

O governo federal liberou na terça-feira 200 milhões de reais ($ 35,5 milhões) em fundos de ajuda ao desastre e disse que mais estava a caminho.

Só em Itambé, uma cidade com cerca de 22.000 habitantes, 60 casas desabaram até agora, de acordo com o gabinete do prefeito.

Vitória Rocha, 81, outra moradora de Itambé cuja casa foi destruída, disse que é difícil acreditar que o que ela viveu foi real.

"Não posso aceitar isso. Não posso, porque tudo isso parece uma mentira para mim. Minha casa completamente destruída, todas as minhas coisas destruídas", disse ela em lágrimas.

"Aqui está tudo para mim", disse ela, apontando para o que restou de sua casa. "Porque a única coisa que tenho é minha casa e acabou."



Avanaldo Rosa Capistrano, 40, senta-se enquanto suas filhas se deitam perto dele em um colchão em sua casa - Foto: Amanda Perobelli / Reuters Brasil

 

Fonte: Matéria original da Reuters Brasil

Link: ​https://www.reuters.com/markets/commodities/christmas-our-dreams-turns-nightmare-brazil-floods-level-homes-2021-12-28/

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp