26/10/2021 às 09h44min - Atualizada em 26/10/2021 às 09h44min

Soja: preço sobem impulsionados pela demanda externa, alta no dólar aumenta a liquidez

Paraná registraram expressivas altas de 3,6% e de 2,5%, com respectivos fechamentos a R$ 174,62/sc e a 170,58/sc de 60 kg.

Redação
Cepea/Esalq - IMEA - MT
-
O ritmo de negociações envolvendo a soja melhorou nos últimos dias, tanto no spot nacional quanto para entrega nas temporadas 2021/22 e 2022/23.

Segundo pesquisadores do Cepea, esse aquecimento esteve atrelado ao aumento da demanda externa (especialmente da China) e às valorizações dos contratos na CME Group (Bolsa de Chicago) e do dólar frente ao Real.

Diante disso, os preços da soja voltaram a subir no mercado nacional e praticamente recuperaram as perdas da primeira quinzena do mês.

Entre 15 e 22 de outubro, os Indicadores ESALQ/BM&FBovespa – Paranaguá e CEPEA/ESALQ – Paraná registraram expressivas altas de 3,6% e de 2,5%, com respectivos fechamentos a R$ 174,62/sc e a 170,58/sc de 60 kg.

Ressalta-se que, até o dia 15 deste mês, os Indicadores acumulavam quedas de 4% e de 3%, e com as recentes altas, ambos passaram a apresentar pequena baixa de 0,55%.


NEGÓCIOS EM MT 

No mês de set.21, o esmagamento de soja em MT somou 757,35 mil toneladas, o que representa um decréscimo de 5,41%, ante o mês anterior. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o processamento do grão também exibiu queda de 3,94%.

Dentre os fatores que limitaram o crescimento no volume esmagado destacam-se a parada pontual para manutenção de algumas indústrias, além da influência da menor disponibilidade de soja no último trimestre do ano, uma vez que a produção da safra 20/21 já contava com 96,26% da sua produção comercializada em setembro.

Além disso, a redução na mistura obrigatória do biodiesel no diesel para 10% fez com que a demanda pelo processamento da oleaginosa fosse menor no período. Por fim, o Instituto estima que até o final da temporada 20/21, sejam esmagados 10,38 milhões de toneladas, volume 0,14% maior em relação ao que foi visto na safra anterior.


Acompanhando a elevação do dólar e do mercado internacional, o preço disponível da soja em MT apontou alta de 2,31% no comparativo semanal.



Fonte: IMEA MT


Com o avanço da colheita nos EUA e o aquecimento na demanda, o preço para a soja na CME-Group indicou elevação de 1,11% ante a semana passada.

A alta do dólar, no comparativo semanal, influenciou uma queda na diferença de base entre o preço MT e o preço em Chicago, estimada em R$7,77/sc.


 




 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp