18/10/2021 às 08h40min - Atualizada em 18/10/2021 às 08h40min

Preço do frango abatido recua 1,21% em 15 dias e tendência é de continuar em queda. Frango vivo segue inalterado.

Como o consumidor brasileiro não consegue absorver novas altas no preço das carnes, ele está deixando de compra-las e isso está afetando duramente os preços

Redação com assessoria
Avisite / Embrapa Suínos e Aves
AEN PR
-
Setembro ficou marcado como o melhor mês deste ano para o frango abatido, já o mês de outubro vem registrando desempenho bastante inferior sendo observado um movimentos de retração nos preços, justificados pela situação econômica do consumidor brasileiro que vem perdendo seu poder de compra mês a mês.

Esta situação ocorre em toda cadeia de carnes, o mercado da carne bovina está em queda, neste caso específico, além da diminuição da renda do brasileiro, pesa a descoberta de casos de vaca louca e com isso o consequente fechamento da exportação para alguns países.

Os produtores de carne suína vem tentando reduzir custos de produção para conseguir algum lucro na atividade, já que o preço da carne suína recuou cerca de 3,2% na semana.



LEIA TAMBÉM:


O desafio de substituir o milho e a soja na alimentação de suínos e aves


Cereais de inverno podem substituir o milho na alimentação de suínos e aves



Diante deste cenário o preço médio alcançado pelo frango abatido é de R$7,57/kg, um recuo de 1,21% em relação a média do mês anterior, e a perspectiva é de que os preços continuem em queda. 

O frango vivo, segue com a cotação inalterada em R$6,00/kg, e com vendas mais fracas, o que deve ocasionar uma retração neste preço ainda este mês já que as poucas vendas que acontecem vem sendo realizadas com desconto.




 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

9.7%
6.0%
7.5%
3.4%
8.2%
31.1%
5.6%
11.2%
5.2%
3.0%
6.0%
3.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp