23/09/2021 às 10h13min - Atualizada em 23/09/2021 às 10h13min

Em MT preço da arroba do boi gordo despencou 5,5% chegando a R$282,40/@

Preço recua cerca de 4,5% em todo Brasil, em SP vem sendo negociado a R$302/@

Redação com assessoria
Cepea/Esalq / Scot Consultoria / IMEA MT
-
Enquanto entre julho e agosto o Indicador do boi gordo CEPEA/B3 (mercado paulista) operou na casa dos R$ 310 e R$ 320, agora em setembro, está entre R$ 300 e R$ 310. Inclusive, o Indicador chegou a ficar abaixo dos R$ 300 neste mês – nessa quarta-feira, 22, fechou a R$ 299,30 e, no dia 15, a R$ 295,00, o menor patamar nominal desde 25 de janeiro deste ano, quando esteve a R$ 294,95.

No acumulado da parcial de setembro, o Indicador registra queda de 4,5%. Em julho, o Indicador teve pequena alta de 0,43%, mas, em agosto, o recuo foi de 2%. Segundo pesquisadores do Cepea, diante das incertezas geradas pelo anúncio de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) no início deste mês e da consequente suspensão dos envios de carne brasileira à China – maior destino internacional da proteína –, agentes de mercado se afastaram das aquisições de novos lotes para abate, resultando em queda das cotações.



QUEDA DURA EM MT

Segundo dados do IMEA-MT, o preço da arroba do boi gordo despencou com as exportações suspensas devido ao caso da “vaca louca”, o preço do boi gordo diminuiu 5,47% e ficou cotado na média de R$ 282,40/@ ante a semana passada.

No mesmo sentido do cenário observado no boi, a vaca gorda retraiu cerca de 4,92% no comparativo semanal e ficou cotada na média de R$ 272,48/@.

O diferencial de base MT – SP encurtou 3,73 p.p. ante a semana anterior. O recuo mais intenso nas cotações da arroba mato-grossense ante a São Paulo influenciou para este cenário.
 


Fonte: IMEA MT



MERCADO PAULISTA SEGUE A PASSOS LENTOS

Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria, com programações de abate atendendo, em média, oito dias, e sem necessidade de aumentar a produção em função do marasmo do consumo de carne bovina, o cenário é de poucos negócios.

Na última quarta-feira (22/9), na comparação feita dia a dia, as cotações do boi gordo e da novilha gorda permaneceram estáveis, no entanto, o menor ímpeto das negociações envolvendo vaca gorda resultou em queda de R$2,00/@ para a categoria.

Sendo assim, segundo levantamento da Scot Consultoria, o boi, vaca e novilha gordos foram negociados em R$302,00/@, R$283,00/@ e R$299,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo, no estado.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

10.7%
6.0%
7.7%
3.4%
8.1%
29.9%
6.4%
11.5%
4.7%
2.6%
6.0%
3.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp