13/09/2021 às 08h37min - Atualizada em 13/09/2021 às 08h37min

Frango abatido tem alta de 3,86% nos primeiros 10 dias de setembro e chega a R$7,81/kg

Preço do frango vivo segue na casa de R$6,00/kg no interior de SP, em MG preço chega a R$6,10/kg

Avisite
Avisite
-
A despeito das muitas conturbações do período (em alguns casos, devido a elas), na segunda semana de setembro, 36ª de 2021, os preços do frango abatido continuaram superando os recordes das semanas anteriores. Com isso, encerraram os primeiros dez dias do mês com valor médio ligeiramente superior a R$7,81/kg, resultado que significou incremento de 3,86% sobre a média do mês anterior e de 49% sobre setembro de 2020.

Em termos de custo e comparativamente à principal matéria-prima do frango esse parece ser um resultado adequado, pois, nas mesmas bases de comparação, o milho registra, por ora, aumento anual pouco superior a 50%. Mas a conclusão é precipitada, visto que em relação às médias de 2019 (a disparada do milho começou no final daquele ano), frente a um incremento de 83,7% no preço do frango abatido, a cotação do milho aumentou 126,5%. Some-se a isso o custo adicional advindo das medidas de prevenção impostas pela pandemia e se verá que o resultado atual não tem nada de excepcional – pelo contrário, ainda deixa a dever.




Por seu turno, o frango vivo comercializado no interior paulista seguiu indiferente às atribulações do mercado. Indício de que sua oferta permanece restrita. Assim, completou neste domingo, 12, 60 dias contínuos com a cotação inalterada em R$6,00/kg – sem, portanto, qualquer incremento no preço recebido, mas registrando evolução de 47% sobre a cotação vigente há um ano, na mesma data.

Em um e outro caso a perspectiva que prevalece, doravante e pelo menos nesta semana, é a de manutenção dos valores atuais. Porque, em essência, o período de maior dinamismo das vendas, a primeira quinzena, vai chegando ao fim. Mas ainda que os preços do frango abatido venham a sofrer algum retrocesso, o risco para o frango vivo é menor, pois, tudo indica, devido aos proibitivos custos de produção, sua oferta contínua sendo restrita.



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.2%
5.8%
8.0%
3.6%
8.0%
31.2%
6.7%
11.2%
4.0%
2.7%
4.5%
3.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp