04/05/2020 às 12h08min - Atualizada em 04/05/2020 às 12h08min

OVOS: Preços caem na 2° quinzena de abril, mas média do mês é a maior da série

Redação
CEPEA/USP
-
As condições de mercado favoráveis à avicultura de postura foram interrompidas nas últimas semanas de abril. Após registrarem altas consecutivas entre meados de janeiro e o início de abril, as cotações dos ovos vêm recuando há duas semanas. Segundo colaboradores do Cepea, a baixa oferta de ovos, que vinha impulsionando os valores, foi substituída pela menor demanda por parte da população, tanto por conta do prolongamento das medidas de distanciamento social quanto pelo tradicional enfraquecimento no poder de compra dos consumidores, típico na segunda metade do mês.

Assim, colaboradores do Cepea relatam dificuldades nas vendas, o que tem resultado em excesso de ovos nas principais regiões produtoras, pressionando os valores. Apesar das quedas na segunda quinzena, o preço médio dos ovos em abril ainda é o maior (em termos reais) da série histórica do Cepea, iniciada em abril de 2013 – valores deflacionados pelo IPCA de março/2020.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.2%
5.8%
8.0%
3.6%
8.0%
31.2%
6.7%
11.2%
4.0%
2.7%
4.5%
3.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp