27/08/2021 às 10h12min - Atualizada em 27/08/2021 às 10h12min

Equipe do projeto "Estradeiro" da Aprosoja MT visita futuras instalações da estação de transbordo de cargas de Marabá-PA

A projeção é que a estação receba cerca de três milhões de toneladas/ano de grãos

Assessoria
APROSOJA MT

A equipe do Estradeiro da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja MT) realizou visita no local que abrigará a futura Estação de Transbordo de Cargas (ETC), no município de Marabá no Estado do Pará. A previsão é que a ETC receba três milhões de toneladas grãos por ano.

Instalada no rio Tocantins, a estação irá receber caminhões carregados com as safras, que transfere o conteúdo para barcaças, após essa logística, passarão pelas eclusas de Tucuruí, chegando no Porto de Vila do Conde, no mesmo Estado.

O diretor do Movimento Pró-Logística da Aprosoja MT, Edeon Vaz Ferreira, destacou a importância da ETC de Marabá. Ele afirma que as futuras instalações vão melhorar a logística da região, o que resultará na diminuição do frete. “Nós vamos ter em média 800 km de transporte rodoviário e 510km de transporte hidroviário. Isso fará com que o frete reduza o preço”, pontuou.

Atualmente o projeto da ETC está em processo de licenciamento ambiental. A previsão é que até 2024 seja concluída a obra. A empresa responsável é a Marabá Logística.

Estradeiro

O Estradeiro Aprosoja MT continua. Entre as BRs já percorridas, o comboio já passou pelas 158 e 155. Foram realizados Simpósios com informações técnicas, em Querência e Vila Rica em MT e Redenção no Pará. Além disso, a equipe já vistoriou a MT 322, acompanhando cerca de 200 quilômetros de estrada de terra que são fundamentais para o escoamento da safra de Mato Grosso.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

10.7%
6.0%
7.7%
3.4%
8.1%
29.9%
6.4%
11.5%
4.7%
2.6%
6.0%
3.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp