01/05/2021 às 10h11min - Atualizada em 01/05/2021 às 10h11min

Aprenda como plantar couve-flor - com passo a passo e dicas para plantar em vaso ou na horta

Começar uma horta orgânica em casa é uma forma excelente de fornecer alimentação saudável para sua família, livre de agrotóxicos.

Emerson Luis de Mesquita
Embrapa
-
Ela é considerada um alimento funcional, não só pela sua função reguladora do trânsito intestinal, como pela grande quantidade de fibras, sais minerais, de cálcio, potássio, enxofre, sódio, fósforo, magnésio e ferro. Além disso, é rica em vitaminas A, B1, B2, B5 e C.
 
Além disso, é muito recomendável na dieta de doentes que sofrem de gastrite, úlcera, dispepsia, etc. E como dissemos, ela normaliza o trânsito intestinal, beneficia quem sofre de prisão de ventre e diarreia.  
 
A couve-flor é originada da Costa Norte Mediterrânica, Ásia Menor e Costa Ocidental Europeia e teve expansão para a Europa no século XVI. Chegou ao Brasil trazida pelos imigrantes italianos, sendo cultivada em larga escala em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
 
Na culinária, a planta pode ser consumida crua, cozida no vapor, empanada, frita, gratinada, e também como ingrediente em sopas, cozidos, e em pratos orientais. A couve-flor é bastante utilizada no preparo de pickes e congelados.



Foto: Couve-flor gratinada / arquivo: novotempo.com.br

 

A parte comestível da couve-flor, chamado vulgarmente de cabeça da couve-flor, é um conjunto de ápices imaturos, hipertrofiados e indiferenciados.
 
A Couve-flor desenvolve-se mal em solos de acidez elevada e como consequência, as folhas tornam-se compridas, estreitas, com a lâmina foliar reduzida, encrespada e com a nervura principal saliente, correspondendo ao chamado “rabo de chicote”.
 
É uma planta herbácea, bienal, assim sendo, precisa de 24 meses para completar seu ciclo biológico. Tem um sistema radicular superficial, com caule curto e grosso, de cor verde-claro a escuro. As folhas são inteiras ou ligeiramente fendidas, oblongas e elípticas.


Foto: Couve-flor  / arquivo: Embrapa Hortaliças

 
A planta é exigente no trato do solo, precisam ser adubados, bem estercados, profundos e bem drenados. Ela é bastante sensível a falta de água.
 
A planta prefere climas amenos, com boa umidade do ar, sendo que quando cultivada em climas quentes e ensolarados, que possam atingir 35°, a formação da “cabeça da couve-flor é prejudicada, podendo ser acometida de manchas vermelhas. Existem cultivares propícios para climas mais quentes.
 
O tempo de colheita varia conforme a cultivar escolhida, podendo ocorrer entre 60 a 280 dias. 
 
 
Dados gerais

 
Espécie: Couve-flor (Brassica oleracea var. botrytis L.)

Época de Plantio: É uma planta bienal, necessitando de 2 anos para completar seu ciclo biológico.

 
Solo: Preferem solos soltos, bem drenados e ricos em húmus. O pH deve situar-se entre os valores 6,0 e 7,0. Solos com fraca acidez, com boa fertilidade, ricos em matéria orgânica e em nitrogênio. Irrigado com frequência.

Clima: A planta se desenvolve melhor em climas amenos e fresco, e com boa umidade do ar, ela não suporta geadas.

Colheita: Ocorre de acordo com a cultivar escolhida, podendo variar de 60 a 280 dias. Colha a couve-flor deverá apresentar-se firme e compacta.

Área mínima: Pode ser plantada em canteiros e vasos.




 
PLANTANDO:

 
Preparo da terra:

 
- Os canteiros devem ser cavados até a profundidade de 15cm a 20cm, quebrados os torrões e catadas as pedras, raízes, cacos de telhas, entre outros.


Foto: Canteiro sendo preparado / arquivo: Embrapa Hortaliças


- Os canteiros devem ser adubados cerca de 15 a 20 dias antes do plantio definitivo. Sugere-se incorporar ao canteiro esterco curtido de bovino (10 litros por metro quadrado de canteiro), esterco curtido de galinha (05 litros por metro quadrado de canteiro);

- Plante as sementes em sementeiras, e faça o replantio em canteiros quando a planta tiver de 4 a 5 folhas. As sementeiras podem ser feitas em bandejas próprias de plástico ou isopor compradas em casas agropecuárias, ou feitas em copinhos plásticos de 200ml, ou ainda caixa de ovos ou outros recipientes reciclados que disponha.

Foto: Sementeira de reciclados / arquivo: Embrapa Hortaliças


- O espaçamento entre plantas não pode ser menor do que 80cm a 1m entre linhas, e de 50cm entre plantas.

- Irrigue com frequência, deixando o solo sempre úmido.

- Para plantar em vasos, utilize um que tenha no mínimo 25cm de profundidade, e cerca de 25cm a 30cm de diâmetro.
 
Adubação:

 
- Os canteiros devem ser adubados cerca de 15 a 20 dias antes do plantio definitivo. Sugere-se incorporar ao canteiro esterco curtido de bovino (10 litros por metro quadrado de canteiro), esterco curtido de galinha (05 litros por metro quadrado de canteiro);

- Sugere-se fazer 2 aplicações de cobertura com NPK.
 
Cuidados:

 
- As plantas devem ser cobertas com redes para afastar aves, borboletas e insetos. Deixe um bom espaço entre as plantas. Para evitar que elas espiguem e também para evitar que ela não venha a parar de crescer, regue regularmente.

- Amarre as folhas da couve-flor com um elástico ou com um barbante de forma que elas protejam a parte comestível do sol e das intempéries do tempo.

- Capina, desbaste, eliminação de plantas com vírus, aplicação de defensivos agrícolas, se necessário, para controle de plantas daninhas, pragas e doenças.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.2%
5.8%
8.0%
3.6%
8.0%
31.2%
6.7%
11.2%
4.0%
2.7%
4.5%
3.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp