28/04/2021 às 12h01min - Atualizada em 28/04/2021 às 12h01min

Aviagen explora os desafios para o controle de Salmonella na cadeia de produção de incubatório

O médico-veterinário, Felipe Kroetz Neto, abordou o tema durante Simpósio on-line da FACTA

Redação com assessoria
Avigen

-
A rotina dentro de um incubatório envolve o manejo de um grande número de ovos embrionados e pintinhos de diferentes origens em um mesmo ambiente, facilitando a propagação de diversas enfermidades. Somado a esse fator é preciso lidar com a elevada carga bacteriana, que pode se caracterizar pelas entradas constantes de ovos e materiais de diversos fornecedores, bem como a saída regular de pintinhos.

Frente a esses desafios, o médico-veterinário, doutorando em Reprodução Animal pela USP-SP e Supervisor Regional de Serviços Técnicos da Aviagen, Felipe Kroetz Neto, abordou o tema “Desafios para o controle de Salmonella na cadeia de produção de incubatório”, durante o Simpósio “Salmonella: Atualizando controle e tendências” da FACTA (Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas), no primeiro dia do evento, em 27 de abril.

Para o especialista, fatores inerentes ao incubatório podem gerar condições ideais para a ocorrência de problemas como a disseminação de patógenos, com consequentes perdas embrionárias e de pintinho, má qualidade no produto e dificuldades com fatores microbiológicos e/ou fisiológicos que levarão a prejuízos. “Por isso a necessidade da implantação de rígidas medidas de controle sanitário do incubatório, envolvendo o maior número de aspectos possíveis para biossegurança e um efetivo programa de monitoramento da eficácia das medidas adotadas e da qualidade do produto final”, explicou Kroetz Neto.

A simples adoção de sanitização sem controle posterior para avaliação da eficácia não é o suficiente. É preciso ter em constante ação o uso de procedimentos, tais como o HACCP, BPF e/ou POP’s e a rastreabilidade para restringir a entrada e controlar, por meio da matéria-prima que neste caso é o ovo, a contaminação por patógenos.

“É fundamental adotar medidas de garantia de fluxo de áreas, pessoas, materiais e equipamentos que reduzam a proliferação de bactérias. A atenção deve ser redobrada com os carrinhos e bandejas que entram na granja e retornam, pois, estes são os meios mais comuns de trânsito e contaminação do incubatório”, alertou o médico-veterinário.

Por isso os cuidados com a higienização em caixas de pintos - que vão para o produtor e retornam ao incubatório - se tornam relevantes para a atividade. Realizar as lavagens com água quente e com o uso correto de detergente e desinfetantes podem fazer a diferença na retirada dos microorganismos alojados na superfície.

Debatendo a Salmonella

Por se tratar de uma doença de saúde pública, a Salmonella é um dos termos mais relevantes da cadeia avícola. Especialistas, técnicos, pesquisadores e empresas vão em busca de soluções no controle desta bactéria desde o preparo dos alimentos para as aves até o alimento entregue ao consumidor. “A Salmonella não é exclusividade do mercado brasileiro, no qual, os profissionais da cadeia avícola têm buscado as melhores maneiras de controle, mantendo-as em níveis mais baixos possíveis, através da busca de medidas que restrinja a entrada dessa bactéria em nosso parque criatório, através da biosseguridade”, apontou Kroetz Neto.

Sobre a Aviagen

Desde 1923, a Aviagen tem sido a empresa global preferida em genética avícola, com a missão de ajudar seus clientes – produtores mundiais de carne de frango – a fornecer uma proteína saudável e sustentável para suas comunidades em constante crescimento. Aplicando seus valores corporativos de “Breeding Sustainability”, a Aviagen implementa ferramentas que promovem a produção comercial de frangos com foco no meio ambiente e na responsabilidade social, além do benefício econômico dos produtores, ao mesmo tempo em que promove o rendimento, a saúde e o bem-estar das aves.

Para satisfazer as diversas demandas de mercado, a Aviagen oferece um completo portfólio de reprodutoras sob as marcas Arbor Acres®, Indian River® e Ross®. O Rowan Range® e o Specialty Males® têm como objetivo o crescimento mais lento e são indicados para nichos específicos de mercado. A sede da Aviagen fica em Huntsville, no estado americano do Alabama, e detém operações no Reino Unido, Europa, Turquia, América Latina, Índia, Austrália, Nova Zelândia, África e Estados Unidos, além de joint ventures na Ásia. A empresa tem aproximadamente 8.000 colaboradores e atende a clientes em 100 países.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.3%
5.2%
8.5%
3.8%
8.5%
31.9%
6.6%
10.8%
3.8%
2.8%
4.2%
2.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp