26/04/2021 às 10h06min - Atualizada em 26/04/2021 às 10h06min

Com demandas interna e externa aquecidas, preço da saca de soja atingiu R$181,20 e deve ir além

Problemas na semeadura de soja da safra 2021/22 nos EUA também elevou os valores da oleaginosa

Redação com assessoria
CEPEA/Esalq
Segundo o Cepea, os preços da soja estão em patamares recordes nominais no mercado brasileiro, conformem indicam dados do Cepea. Entre 16 e 23 de abril, os Indicadores ESALQ/BM&FBovespa – Paranaguá e CEPEA/ESALQ Paraná subiram 1,7% e 1,61%, respectivamente, indo para R$ 180,96 e R$ 174,5/sc de 60 kg na sexta-feira, 23.

Os recordes nominais das respectivas séries, de R$ 181,2/sc e R$ 175,64/sc, foram registrados na quinta, dia 22. O impulso vem das demandas interna e externa aquecidas e, especialmente, das valorizações internacionais.

Quanto às exportações, dados preliminares da Secex mostram que a média diária de embarque de soja em grão na parcial deste mês está quase 30% acima da observada em abril/20. Até o momento (11 dias úteis), foram exportadas 10,6 milhões de toneladas.

O avanço no mercado externo, por sua vez, está atrelado ao baixo excedente da safra 2020/21 nos Estados Unidos – produtores daquele país estão retraídos para novos negócios.

O clima desfavorável à semeadura de soja da safra 2021/22 nos EUA também elevou os valores da oleaginosa.

SAFRA 20/21

Os agricultores brasileiros estão finalizando a colheita da safra 20/21 e neste momento, o melhor conselho dos especialistas do mercado é não vender a soja, já que ela deve se aproximar ainda mais de R$200,00/sc, podendo até mesmo utrapassar esse valor nos próximos dias.

Excelente notícia para quem não comercializou antecipadamente toda safra.  

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.3%
5.2%
8.5%
3.8%
8.5%
31.9%
6.6%
10.8%
3.8%
2.8%
4.2%
2.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp