09/04/2021 às 09h57min - Atualizada em 09/04/2021 às 09h57min

Aprenda como plantar abóbora ou moranga - com passo a passo e dicas para cultivar

Começar uma horta orgânica em casa é uma forma excelente de fornecer alimentação saudável e livre de agrotóxicos para sua família

Emerson Luis de Mesquita
Embrapa
Embrapa
-

A planta é um verdadeiro curinga para a humanidade já que é consumida tanto para na alimentação humana, quanto para alguns animais domésticos. Ela é cultivada em praticamente todo o planeta, o único continente que não produz a planta é a Antártida.

A Abóbora é rica em potássio, vitamina C, vitamina E, ácido fólico e betacaroteno. Além disso ajudar a emagrecer, é anti-inflamatória, antioxidante, alivia a prisão de ventre, ajuda na prevenção de doenças cardíacas, melhora a pressão arterial e fortalece a imunidade.


Conhecida como abóbora, jerimum, moranga ou moganga, pode ser consumida refogada, assada, frita, empanada, em doces, em bolos, entre tantas outras receitas culinárias.




Foto: Culinária - Doce de abóbora - fonte: cozinha da vovó
 


As folhas e flores também podem ser utilizadas como alimento, e as sementes de algumas cultivares são usadas como aperitivo, depois de torradas e salgadas. Um óleo pode ser obtido das sementes, e existem cultivares especialmente adaptadas para este objetivo.

A polpa contém açúcares, albuminas, gorduras, ácido ascórbico, ácido hidrociânico, ácido salicílico, aminoácidos, carotenoides, cucurbitacina E, cucurbitina, flavonoides, saponinas, tanino, trigonelina, vitaminas, minerais. É anti-helmíntica, anti-inflamatória, antifebril, antitérmica, bactericida, diurética, emoliente, estomáquica, hepática, tenífuga, umectante, vermífuga.

As sementes contêm óleo essencial (até 50%), albuminas, glicosídeo (cucurbitina), resina, minerais (principalmente) zinco.

É uma planta rústica, anual, ramificadas pelo chão, com dois grupos de flores que só se abrem pela manhã – as masculinas, portadoras de pólen, em maior número; e as femininas, com o ovário bem saliente, insinuando os frutos que vão nascer. Se não houver a polinização, esses frutos secam e caem.



LEIA TAMBÉM:

Aprenda a fazer o Adubo bokashi em casa e obtenha uma excelente produtividade na sua horta

 

Aprenda como plantar repolho - com passo a passo e dicas para plantar em vaso ou na horta






Foto: Flor feminina com ovário acentuado



Foto: Flor masculina, portadora do pólen

 


A Abóboras se desenvolve melhor em clima moderadamente quente. Por não suportar baixas temperaturas, indica-se o seu cultivo entre 20°C a 27°C. Por gostar de boa luminosidade.





Foto: Plantas devem ser plantadas com boa distância umas das outras
 



A propagação é feita pela semeadura direta. As mudas também podem ser produzidas em bandejas de isopor e em viveiros com proteção de plástico e quando formarem pelo menos três folhas definitivas, você poderá transplantá-las para o local definitivo (cova).

 
Dados gerais
 
Espécie: Abóbora ou moranga (Curcubita maxima)

Época de Plantio: É uma planta anual, portanto pode ser plantada o ano todo.

Solo: O solo deve ser rico em matéria orgânica, bem drenado, e de ph entre 5,5 e 7, e com boa quantidade de nitrogênio. Irrigue para deixar o solo sempre úmido, mais não encharcado

Clima: A abóbora cresce melhor em clima quente, sendo que a temperatura média ideal para o cultivo é de 18°C a 27°C. A temperatura mínima recomendada para o plantio é de 15°C, pois a planta não suporta geadas e baixas temperaturas.

Colheita: Ocorre de 80 a 150 dias após o plantio em covas.

Área mínima: Pode ser plantada em covas.







 


PLANTANDO:
 
Preparo da terra: 
 
- As covas devem ser cavados até a profundidade de 30cm a 45cm de profundidade por 60cm de diâmetro.





Foto: Plantio de abóbora em covas




 
- A terra retirada da cova deve ser adubados cerca de 15 a 20 dias antes do plantio definitivo. Sugere-se incorporar esterco curtido de bovino, ou esterco curtido de galinha, ou ainda húmus de minhoca;

- Coloque de 2 a 3 sementes por cova. As covas deverão ter, em média, 2 cm de profundidade, e respeitar o espaçamento entre covas que pode variar de 2x2m ou 3x3m, dependendo do tipo escolhido.


 



Foto: Coloque de 2 a 3 sementes por cova



 
- Quando plantada em covas, sugere-se que marque com um graveto o local que a planta surgir, pois é nesse lugar que deve ser feita a irrigação para não haver desperdício de água.


- Além disso, pode-se fazer o plantio em sementeiras, e quando as mudas atingirem 3 ou 4 folhas devem ser replantadas em cova definitiva.





Foto: Momento do replantio - 3 ou 4 folhas


 

- As sementeiras podem ser feitas em bandejas próprias de plástico ou isopor, em copinhos plásticos de 200ml ou outros recipientes que disponha. (Embrapa 2007)





Foto: Sementeiras utilizando materiais reciclados

 
Adubação:

- Os canteiros devem ser adubados cerca de 15 a 20 dias antes do plantio definitivo. Sugere-se incorporar ao canteiro esterco curtido de bovino, esterco curtido de galinha, ou ainda húmus de minhoca.

 
Colheita:


Colha a abóbora quando o talo do fruto ficar amarelo ou marrom, podendo até chegar a rachar em algumas cultivares. Se a abóbora não for consumida brevemente, colha o fruto com o maior comprimento de talo possível.

 
Cuidados:

- Como outras cucurbitáceas, as aboboreiras são monoécias, ou seja, são plantas que apresentam flores masculinas e flores femininas separadas, embora cada planta tenha os dois gêneros de flores. Flores masculinas produzem pólen e não formam frutos. Flores femininas têm um ovário inferior que lembra uma minúscula abobrinha e este se desenvolve no fruto quando a flor é polinizada.

- A presença de insetos polinizadores, principalmente abelhas, é necessária para a polinização das flores e a formação dos frutos. Se não houver abelhas e não houver formação de frutos, realize a polinização das flores manualmente com a ajuda de um pequeno pincel de cerdas suaves, transferindo o pólen das flores masculinas para as flores femininas. Outra alternativa é colher algumas flores masculinas e esfregar levemente as anteras carregadas de pólen destas flores no estigma das flores femininas.

- Capina, desbaste, eliminação de plantas com vírus, aplicação de defensivos agrícolas, se necessário, para controle de plantas daninhas, pragas e doenças.
 
Fonte:
www.embrapa.com.br
www.wikipedia.org

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

10.0%
6.0%
8.0%
3.2%
8.4%
30.1%
6.0%
10.8%
5.2%
3.2%
5.6%
3.2%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp