05/04/2021 às 11h12min - Atualizada em 05/04/2021 às 11h12min

Milho: mês de março/21 é marcado seguidas renovações de recorde no preço

No dia 31 de março, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) fechou a R$ 93,71/sc de 60 kg, acumulando forte aumento de 9,72% no mês

Redação com assessoria
CEPEA/Esalq / TF Agroeconômica
Apesar do bom andamento da colheita da safra de verão, o mês de março foi marcado por seguidas renovações dos preços recordes do milho em muitas regiões acompanhadas pelo Cepea.

O impulso veio da disponibilidade restrita do cereal no spot e de incertezas quanto à produtividade das lavouras de segunda safra. No final do mês, as altas nos preços internacionais mantiveram elevada a paridade de exportação, o que também sustentou os valores no Brasil.

No dia 31 de março, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) fechou a R$ 93,71/sc de 60 kg, acumulando forte aumento de 9,72% no mês.

O mercado de milho na B3 de São Paulo fechou novamente em alta, nesta quinta-feira, pelos fatores da escassez brasileira, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Com isto, a cotação de maio fechou em alta de R$ 0,84 no dia e R$ 4,08 a R$ 97,43; a de julho avançou R$ 0,58 no dia e R$ 3,70 na semana para R$ 92,62 e a de setembro avançou R$ 0,68 no dia e R$ 3,03 na semana para R$ 86,72”, comenta. 


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.2%
5.1%
8.4%
3.7%
8.4%
32.1%
6.5%
11.2%
3.7%
2.8%
4.2%
2.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp