01/04/2021 às 08h31min - Atualizada em 01/04/2021 às 08h31min

Suínos: Poder de compra frente ao farelo foi o pior para um mês de março

Preços alto dos insumos de alimentação chegaram a representar 82% dos custos totais na produção

Redação com assessoria
CEPEA/Esalq
O poder de compra dos suinocultores paulistas frente ao farelo de soja se recuperou um pouco de fevereiro para março. Apesar dessa reação, a situação atual ainda é a pior para um mês de março e uma das mais desfavoráveis de toda a série histórica do Cepea, iniciada em 2004.

Além do alto patamar dos preços dos insumos de alimentação – que, segundo a Embrapa, chegaram a representar 82% dos custos totais em fevereiro –, o fraco desempenho das vendas internas da carne e a consequente desvalorização do suíno vivo deixam produtores consultados pelo Cepea em alerta.

Esse cenário vem mostrando que este ano será, novamente, desafiador ao setor, o que vai exigir que suinocultores usem de modo eficaz ferramentas de gestão de seus custos de produção.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

11.3%
5.2%
8.5%
3.8%
8.5%
31.9%
6.6%
10.8%
3.8%
2.8%
4.2%
2.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp