28/01/2021 às 11h13min - Atualizada em 28/01/2021 às 11h13min

Programa inicia diagnóstico de doenças visando melhorar a sanidade dos rebanhos de caprinos e ovinos no Semiárido

Redação com assessoria
Embrapa

Uma equipe formada por pesquisadores da Embrapa Caprinos e Ovinos e da Fundação de Apoio ao Instituto Federal da Paraíba (Funetec) realiza, a partir desta semana, um trabalho de verificação das condições de sanidade dos rebanhos da região de Pintadas (BA). Os profissionais visitarão cerca de 60 propriedades, durante 15 dias, onde farão a coleta de sangue nos animais. A atividade faz parte do Programa AgroNordeste, coordenado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que tem Embrapa e Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida)/Projeto Dom Hélder Câmara entre as instituições parceiras.

O material será coletado em mil caprinos e mil ovinos, de aproximadamente 60 propriedades do município de Pintadas e adjacências, em um raio de 100 km, indicadas por representantes do FrigBahia, frigorífico especializado na produção e comercialização de carnes especiais de cordeiros e cabritos. De acordo com o pesquisador da Embrapa Rizaldo Pinheiro, serão diagnosticadas oito doenças, a fim de verificar a sanidade dos rebanhos. Além disso, será feito um banco de DNA, que poderá ser utilizado para melhoramento genético e para pesquisa de micro-organismos.

Levantamento de resistência à verminose

Outra atividade realizada será a capacitação de uma equipe da Funetec e do FrigBahia para a coleta de fezes dos animais e envio das amostras para análise na Embrapa, com o objetivo de verificar a resistência dos rebanhos da região à verminose. A partir do final do mês de janeiro, serão agendadas outras visitas para coletar esse material e realizar o exame ocular Famacha em cerca de 40 propriedades do território da Bacia do Jacuípe (BA).  Ainda em 2021, serão feitos testes da vacina contra a verminose nos rebanhos da região.

Programa AgroNordeste

O programa AgroNordeste envolve os nove estados do Nordeste e Minas Gerais, contemplando 230 municípios. O público-alvo é de pequenos e médios produtores que já comercializam parte de sua produção, mas ainda têm dificuldades para expandir o negócio. 

O Programa é liderado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e desenvolvido em parceria com a Embrapa e instituições como Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida)/Projeto Dom Hélder Câmara, Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)/Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar),  o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Banco do Nordeste (BNB) e o Banco do Brasil.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se você é produtor rural, qual a sua principal atividade agrícola?

10.7%
6.0%
7.7%
3.4%
8.1%
29.9%
6.4%
11.5%
4.7%
2.6%
6.0%
3.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp